Problema de ereção

Muitos homens já passaram por algum problema de ereção antes ou durante uma relação sexual. Mas, muitas vezes por vergonha ou outros motivos, eles acabam não procurando uma ajuda médica ou se medicando por conta própria, o que pode ocasionar complicações mais sérias. Por isso, saiba mais sobre os problemas de ereção para entender se você realmente possui um distúrbio sexual e se precisa da ajuda de um profissional para lidar com o assunto.

Entenda os problemas de ereção

Um problema de ereção nem sempre é apenas não conseguir obter uma. As vezes, pode ser não conseguir manter a ereção por tempo suficiente, ejaculação precoce ou até diminuição do pênis ou da sua rigidez. Por isso, antes de tudo, preciso saber o que você está sentindo.

A impotência sexual acontece quando o homem não consegue ter a ereção ou não mantém ela pelo tempo necessário para a prática sexual. Qualquer uma das duas opções precisam ocorrer por mais de 50% das tentativas de uma relação para ser considerado um problema real. No mais, pode ser apenas um distúrbio momentâneo ocasionado pelo nervosismo, por exemplo.

Já a ejaculação precoce acontece quando o homem consegue obter a ereção mas não consegue alongar a relação sexual, ejaculando mais rápido do que gostaria. Para saber se você está sofrendo com a impotência sexual, é preciso se fazer algumas perguntas que vamos aprender nos próximos tópicos.

A primeira pergunta a se fazer é: Quantas vezes tenho dificuldade para ter uma ereção?

Para entender se você realmente tem impotência sexual, você precisa saber qual a frequência que a dificuldade para ter uma ereção acontecer. Comece a perceber a anotar quando ocorrer. É interessante estipular uma média. Por exemplo: se a cada 4 relações sexuais você tem dificuldade em uma delas, pode ser um indício negativo. Depois, pense no tempo em que isso acontece. Se ocorrer por mais de um mês e interessante procurar orientação médica.

Quando não consigo manter a ereção?

As vezes, ao invés de não obter a ereção, o homem não consegue apenas manter ela pelo tempo que julgava necessário. Isso pode acontecer indiferente da posição escolhida ou, as vezes, certas posições causam esse problema. Você precisa identificar quando a dificuldade surge no seu caso. Além disso, alguns homens também possui essa dificuldade com novas parceiras. Se isso estiver acontecendo também é interessante procurar um médico para entender melhor.

A rigidez do pênis está normal?

Outro sintoma que pode representar a disfunção erétil é a diminuição da rigidez do pênis ou do próprio tamanho dele. As ereções podem se tornar menores do que o normal ou menos firmes, dificultando a penetração.

É preciso acompanhar os sintomas para saber qual é o problema que você está sofrendo. Caso tenha problemas para identificar, conversar com um profissional sempre ajuda. Isso porque, além de identificar o problema, ele vai indicar os medicamentos corretos e dependendo do caso, até um auxílio psicológico. Por isso, deixe de lado a vergonha ou o medo e marque uma consulta para fazer seu tratamento e aproveitar a vida tranquilamente.