Disfunção erétil

A disfunção erétil é um dos problemas sexuais que os homens acabam se incomodando mais. Apesar de ser um assunto tratado como um tabu, ela atinge pelo menos 10% dos homens em qualquer idade que muitas vezes, não procuram tratamento e acabam se medicando de forma incorreta. Conheça mais sobre a disfunção erétil abaixo e saiba como proceder nesse caso.

disfunção erétil

O que é a disfunção erétil?

A disfunção erétil pode ser chamada também de impotência sexual. Ela é caracterizada pela incapacidade do homem de obter uma ereção ou fazê-la durar tempo necessário para ter uma relação sexual. Apesar de não gostarem muito de conversar sobre o assunto, é provável que a maioria dos homens já tenham passado por essa situação pelo menos uma vez.

Mas, se você teve problemas para obter uma ereção uma vez ou outra, não precisa ficar preocupado. A impotência só é diagnosticada se ocorreu mais de 50% das vezes. Já que muitos fatores podem influenciar no desempenho sexual, dessa forma, nervosismo, algum problema que aconteceu no dia podem ocasionar uma ereção insatisfatória alguma vez.

Por que a disfunção erétil acontece?

Após os 50 anos de idade, é normal que o nível de testosterona do homem diminua. Esse é um dos fatores para que a disfunção erétil aconteça, na maioria das vezes, com homens mais velhos. Mas, não é incomum encontrar homens de mais idade e que não tem problema nenhum em suas relações sexuais. Isso porque fatores como a saúde em geral podem influenciar também.

Além disso, por existir esse boato de que depois de certa idade o homem se torna impotente, muitas pessoas após os 50 anos depositam uma pressão que causa ansiedade, nervosismo e então resultam na impotência sexual.

Mas, não é só a idade que causa a impotência. Como dito acima, o nervosismo, principalmente em pessoas mais jovens, podem ocasionar também. Por isso, é importante fazer tudo com calma e saber a hora certa de iniciar as atividades sexuais.

Doenças psicológicas como depressão também podem resultar na impotência sexual. Nesses casos, além do urologista (que é o médico especializado para esses casos), é necessário procurar também psicólogos ou psiquiatras.

Disfunção erétil tem sintomas?

Sim. É possível perceber diversos indícios de que você está sofrendo com a impotência sexual, independentemente da causa. Os sintomas podem ser a redução do tamanho e da rigidez do pênis, a incapacidade para manter uma ereção, diminuição de pelos corporais e até deformações no pênis.

Se você se deparar com alguns desses sintomas regularmente, saiba que é o momento de procurar um médico especializado.

Como prevenir disfunção erétil

A disfunção erétil está diretamente ligada ao seu estado de saúde. Por isso, se manter saudável já é uma forma de prevenção. Além disso, é preciso evitar o cigarro e o álcool em excesso, que podem ajudar a causar a impotência. Principalmente o cigarro, que entope os vasos do pênis e impede que o sangue chegue até ele. Muitas vezes, até uma educação sexual pode auxiliar para evitar a disfunção erétil.